Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Pérolas da Urgência

37ºC não é febre

Pérolas da Urgência

37ºC não é febre

As cinco prendas ideais para oferecer a um médico

médicos prendas.png

 

Atendendo a que hoje é a Black Friday e esquecendo que isto não é mais do que uma excelente estratégia de marketing, hoje decidi facilitar a vida a todas as almas que têm um amigo ou amiga médico/a mas não sabem o que lhe vão oferecer no Natal.

Esqueçam a ideia de que os médicos são ricos e por serem ricos têm tudo e não precisam de nada. Aceitamos tudo o que nos possam oferecer de muito bom grado. Mas há algumas coisas que gostamos mais de receber que outras. Por isso, se alguns dos teus amigos ou o teu mais que tudo é médico ou médica, tens aqui uma excelente hipótese de te inspirar.

 

Aqui ficam as cinco prendas ideais para oferecer a um médico.

 

 

 

1 – Tampões para os ouvidos

 

Começo logo pela prenda menos intuitiva. Qualquer pessoa que trabalhe por turnos sabe como é difícil dormir durante o dia, sobretudo nas grandes cidades, onde as pessoas são empacotadas em apartamentos. E como a lei de Murphy nos diz, qualquer pessoa que trabalhe durante a noite terá sempre uma vizinha de cima que ouve e dança kizomba de saltos altos pela casa ou um vizinho de baixo que toca bateria. Eu, como sou um sortudo, consigo reunir os dois. Lucky me!

 

Mas mesmo que o teu amigo médico tenha a sorte de não ter vizinhos barulhentos, há sempre uma série de barulhos durante o dia que potencialmente podem interferir com o seu sono de beleza. Desde buzinadelas que se devem ao facto de algum espertinho ter ido tomar o pequeno-almoço à pastelaria e deixado o carro estacionado em segunda fila, até criancinhas a jogar à bola ou à apanhada no parque (sim, eu sou old school, para mim as crianças ainda jogam a estas coisas).

 

Apesar de, como já disse em textos anteriores, o médico ter a capacidade inata de adormecer em quaisquer condições, a verdade é que nem sempre consegue um sono de qualidade. E toda a gente sabe o mal que os micro-despertares fazem à qualidade do descanso. Por isso mesmo, tampões para os ouvidos, meus caros. É sempre uma aposta ganha!

 

2 – Máquina de café

 

Esta prenda talvez seja um pouco mais dispendiosa e, como tal, está reservada para aquele médico ou médica na tua vida que é mais do que um simples amigo (if you know what I mean, wink wink). Pode parecer uma prenda pouco romântica e até um pouco sem graça, nada comparável a um spa romântico ou uma escapadinha a dois. Mas podes ter a certeza que o teu “amigo” médico ou médica te vai agradecer todos os dias quando se levantar de manhã a pensar "mas o que é que eu fui fazer à minha vida?" até sentir na boca o sabor desse nectar da vida que é o café. Nessa altura, ele ou ela vai se lembrar de ti. Queres melhor do que isto para assentares definitivamente o teu nome no seu coração? Depois disto é uma sure thing, posso garantir.

 

Se, por sinal, o médico ou médica a quem queres oferecer um presente não for uma pessoa assim tão especial na tua vida ou já possuir uma máquina, podes sempre oferecer-lhe cápsulas de café. Muitos packs de cápsulas de café. É uma prenda que dá sempre jeito e podes repetir a gracinha no seu aniversário ou no Natal do ano que vem! É tipo uma Pandora, já viste? Quando não sabes mais o que oferecer, tens aqui sempre uma solução. Só tens de garantir que são compatíveis com a máquina dele, senão o feitiço vira-se contra o feiticeiro e ele vai ficar a odiar-te secretamente até ao fim dos tempos.

 

3 – Álcool

 

Quando falo em álcool não me refiro a álcool etílico. Estou a falar de pinga mesmo! Vinho, whisky, jeropiga, licor, champanhe, vale tudo! Tudo será bem-vindo! Atenção que não estou com isto a incentivar o consumo excessivo de álcool, mas qualquer médico sabe perfeitamente que às vezes é preciso uma ajuda externa para nos esquecermos, ainda que temporariamente, que andámos a estudar onze anos para recebermos oito euros à hora. Ou que às vezes é preciso afogar as mágoas para esquecer a quantidade de coisas medonhas que vemos regularmente, ou a quantidade de vezes que nos insultaram ou disseram que pagam o nosso ordenado em doze horas de urgência.

 

Etanol, meus amigos e amigas. Nem sempre resolve tudo, mas ajuda sempre qualquer coisa. Beba com moderação.

 

4 – Doces

 

Nem sequer tentem desvalorizar este presente. Não quero saber se estão muito batidos, eu pessoalmente (e acho que falo em nome de todos os meus colegas quando digo isto) quero receber chocolates no Natal! Ponto final. Não quero nem saber se estou obeso ou vou ser diabético. O que é um dedo a menos quando tens no mundo maravilhas da doçaria como Ferrero Rocher, Mon Chéri, Rafaello, aqueles chocolates redondos da Linde, Kinder bueno… Nossa, quero tudo!

 

Esta prenda funciona um pouco como a anterior. Estás triste? Bebe e come doces. Estás contente? Bebe e come doces. Estás zangado? Bebe e come doces. Estás stressado? Adivinharam! Bebe e come doces.

 

Apenas têm de ter a certeza que não oferecem aquelas abominações chamadas After Eight, porque aí o mais provável é ele deixar de ser vosso amigo nesse preciso instante. Pelo menos era o que eu faria. Chocolate e menta... Quem é o psicopata que se iria lembrar de oferecer algo assim a um amigo?!

 

5 – Canetas

 

Ok, ok, eu sei que ultimamente o nosso trabalho cinge-se cada vez mais a olhar para o computador e rezar a todas as forças divinas e celestiais que nos deem paciência para não o atirar pela janela fora quando os programas bloqueiam dez vezes por hora. E nesse sentido o uso da caneta tornou-se algo obsoleto. Ainda assim é um utensílio extremamente importante! Talvez o mais importante a seguir ao estetoscópio (a não ser que sejas dermatologista, nesse caso é mesmo o mais importante). É importante para explicar à dona Alzira como é que ela tem de tomar os comprimidos! E como é que estás a pensar em colher essa história clínica no meio de uma urgência com trinta macas à tua volta? Com um tablet, querem ver? Parece que estamos na Anatomia de Grey! Além disso toda a gente sabe que quantas mais canetas o sôtor tiver penduradas no bolso da bata mais competente deve ser! Então se usar óculos e gravata já é professor de certeza! Pelo menos é o que as velhinhas acham.

 

Antigamente as empresas farmacêuticas davam-nos canetas e bloquinhos de papel para escrever. Agora nem isso. E o pouco que nos dão tem de ser declarado no site do INFARMED, coisa para a qual ninguém tem pachorra. Por isso vão por mim, canetas são uma aposta ganha!

 

E pronto, espero que este artigo seja útil para vocês, quer vão hoje aproveitar a Black Friday, quer comprem tudo à pressa no dia 23 de Dezembro à tarde como eu. Eu sei que estas prendas podem à primeira vista parecer todas muito simples e sensaboronas, mas acreditem, no simplificar é que está o ganho! Não vale a pena oferecer bilhetes para concertos ou peças de teatro, escapadinhas românticas ou coisas do género a um médico. O mais provável é que ele esteja de urgência no dia do concerto ou da peça! E fins-de-semana livres são como o cometa Halley, de 70 em 70 anos lá surge um.

 

Tenham um excelente fim-de-semana e já sabem, se me quiserem oferecer presentes a minha máquina de café é da Nespresso e os meus doces preferidos são Ferrero Rocher, Kinder Bueno Rafaello. Sayonara!

 

  • 2 comentários

    Comentar post